O ELOGIO DA TOLERÂNCIA


"Tolerância:
qualidade de tolerante.
Indulgência.
Condescendência.
Permissão.
Consentimento tácito do que merece censura,
castigo ou correcção. Perdão"

in " o nosso dicionário" de Alfredo Camacho



A escalada da violência por esse mundo fora, querelas mortiferas de natureza étnica, religiosa, social. Um rol de conflitos que ceifam vidas, destroiem familias.
Mas a intolerância não consiste apenas em matar por razões étnicas, religiosas ou territoriais. Ela pode revelar-se de formas mais ou menos subtis, mas nem por isso menos nefastas.
Quando um chefe se recusa a ouvir um subordinado, quando partidários de um dado grupo politico ofendem os que se lhe opõem em vez de atacarem as suas ideias, quando atribuimos culpas a tudo e todos e não olhamos para nós próprios, estamos a semear a intolerância.
Temos manifestamente de alterar a nossa forma de ser, para alcançarmos a convivência entre os que pensam, crêem e agem de maneira diferente.
É óbvio que a tolerância não significa aquiescência ou concordância, obrigatoriamente.
A tolerância é firme, mas serena, suave. Ao ser amigo de alguém que não é da minha cor politica, rácica ou ideal religioso, estou a viver a tolerância. Isto não significa adormecimento para com os meus ideais, mas sim que, com serenidade, afirme as minhas convicções, particular ou publicamente.
Que fazer então ?
Penso que mais importante do que longos discursos ou programas de ensino, o que nós imitamos são os comportamentos daqueles que pelo papel que desempenham social, profissional, hierárquicamente, constituem modelos para nós: pais, professores, administradores, politicos, governantes.
Por isso com lideres tolerantes, qualquer que seja a sua situação no tecido social, teremos, certamente uma sociedade mais tolerante.

Comentários

Anónimo disse…
Greets to the webmaster of this wonderful site! Keep up the good work. Thanks.
»
Anónimo disse…
I find some information here.

Mensagens populares deste blogue

O MUNDO DE PERNAS PARA O AR

Deixa ficar assim…

DESEJOS E DEMÓNIOS