23 junho, 2009

She




A lua contorna-te num capricho impressionista, deixando rastos de pinturas como telas de Rembrandt em gestos de Morfeu.
Danças, rodopias, envolta em lenços de seda e tapas-me o olhar para que não veja o teu voar.
Ris e cantas, corres e foges.
Regressas num instante e partes noutro qualquer.

Desenho-te um rosto imaginado e contemplo-me por detras da pele que ainda nos separa encontrando-te a meio tempo entre um beijo e notas adocicadas de uma musica qualquer.

Uma metade de asa que esvoaça por torrentes de azul.

Colas com fogo a pele rasgada das unhas cravadas por ti, quando o desejo aperta e descobres o mundo num ritmo unico, pintando em aguarelas de cor, almas unidas num só.

Enrolo-me nas tuas pernas e cheiro-te embevecido enquanto repousas num perfume de princesa.
E imagino-me esventrado por desejos teus entre pedaços de alma e paixão, cobertos por silabas graves de um poema de Neruda adornado na voz de Caetano embalados em solfejos mil.

Vazas na lingua um mar que não há meio de me afogar e fazes poesia com cheiros, formas, gestos soltos em espaços do teu corpo que tacteio como em Braille.

A tua voz que avança, os gestos largos e eloquentes, uivo de loba ferida, presa ao pensamentro esculpido em sal, domada por sonetos ritmados de Chopin.

A Lua espreita de novo, timida, sonolenta, uniforme, clareando sonhos.
O mar brilha tocado pela magia do beijo que lhe depositas.
Abraçados, deixam-se levar pelo "sem nexo e sem rumo" até despertarem num soluço matinal.

11 comentários:

o que me vier à real gana disse...

Olá, boa noite!

Este é mais um blog que vale a pena.

Boas!

Lídia Borges disse...

Lindo!

Tanto de ternura, como de desejo; tanto de doçura como de poesia.
Tanto de tanto!!!

cocas disse...

Este é um dos textos mais lindos e expressivos de todos os que aqui estão.
Intenso e cheio de sentimento.
Parabéns e um beijinho

Anónimo disse...

Adoro os seus textos. Adorei esta musica e este video.

Acho que Vc pode ser um caso sério de boa escrita.

Porque não tentar um livro?


Ac

Pedro Viegas disse...

Olá.

Obrigado pelos comentários e pelo alento.
Na realidade, o livro está pensado e trabalhado. Falta apenas o principal - A EDITORA -

Não é nada fácil, para quem começa e quer publicar, fazê-lo.

JP

cocas disse...

Pois, acredito que não seja fácil...mas eu e muitas pessoas que lêm os teus textos compram de certeza!
Acho que as editoras andam a dormir, já não apostam em novos talentos?
Quando publicares avisa:)

T disse...

gosto disto, muito!
parabens

p.s- publica!eu tb compro o livro, para mim e p/oferecer tambem

Delirius disse...

Ah!!!! que texto fabuloso!
Parabéns!
Abraço.

Delirius disse...

Estou presa aqui.
Como diz a Lidia, "tanto de tanto".
Carta fantástica.

:)))) obrigada pela tua visita e comentário.
É claro que também vou seguir-te
Beijo.

Sara L. Miranda disse...

Muito expressivo este texto! Ternura. Bjs

Marta disse...

Gostei! Mesmo! ;)