11 outubro, 2009




Gosto de rir
Sempre gostei de rir, de pregar partidas, de jogar com as palavras.

Detesto cinzentismos. Já me chega a vida e o inverno com os seus ares de trovoada e diabinhos à solta pontapeando a nossa existência.
Veio-me à memória o “homem das castanhas”, um saco de serapilheira.

Elas todas juntas, ainda quentes, ele, mãos grandes, enegrecidas.
Faz um cone com jornal e vende uma-dúzia-cinco-tostões.
Está cara a vida… uma-dúzia-cinco-tostões.

Há coisas que se pegam a nós, não nos largam.
A Ribeira num crepúsculo, o Inverno em Trás-os-Montes, o verde do Minho, as ondas desérticas da areia do Sahara, e a figura “Maria das gravatas” que corria Porto fora, desatinando tudo o que era gente.

Por vezes também me apetece fazer isso, desatinar toda a gente.
E no entanto gosto de rir.

Ainda tenho um “gato de botas” um “zorro invencível”, um “Homem aranha” avassalador, um pássaro que fala comigo, uma galinha que me pisca o olho e quatro namoradas na escola, e no entanto uma-dúzia-cinco-tostões.
Está cara a vida.

Já despachei racionalmente o “Gato” mais o “Zorro” e o “Homem-Aranha”. O “Velho-das-barbas” vai depois, com o Homem das castanhas e o saco de serapilheira mais as quatro namoradas da escola.

Ainda gosto de rir, mas uma-dúzia-cinco-tostões ??
Está cara a vida.

3 comentários:

Lídia Borges disse...

Imagens e vozes do passado revisitado!
Não podemos despachá-las assim, até porque, muitas vezes, não são as verdadeiras razões dos "cinzentismos" indesejados.

Um beijo

Elcio disse...

Está mesmo e c essa crise q começa a virar pela esquina....uma coisa é certa. A vida ainda há de ficar mais cara do q esta...rss

É isso aí.

[ ]´s e ótima semana.

Maria Martin disse...

"Gosto de rir
Sempre gostei de rir, de pregar partidas, de jogar com as palavras.

Detesto cinzentismos. Já me chega a vida e o inverno com os seus ares de trovoada e diabinhos à solta pontapeando a nossa existência."

Espero que não te zangues por usar as tuas palavras mas não resisti a pedi-las emprestadas e fazê-las minhas só por pouquinho.... Gostei ... BJ