IN MY PLACE...!



Este é o meu lugar. Um lugar novo.
Um espaço fechado de silêncio e paz.

Pedaços de algodão como flocos de neve. Fiapos de luz tecida num candeeiro bifurcado em complexo de teia.
Almas e gentes, diabretes e aflições, tudo na alma. Tudo numa alma.

O teu corpo quente ancorado nos meus lábios, enquanto solfejo palavras perto do ponto final deste texto.
E neste lugar vazio de gente, cheio de mim em ti e de ti em mim, cirandamos descalços pelos trilhos misteriosos da mente.

Os Deuses devem ter enlouquecido e semeiam segredos na voz desavinda das pessoas.
As pessoas enlouqueceram e desafiam os Deuses sem complexo nem voz.

Nos cabelos em cascata dos Anjos, prendemos gestos para esconder a saudade.
As nuvens vistosas repisam desejos e o rio repleto de carisma alonga os seus dedos rodeando os nossos corpos enlaçados e invisíveis.

Sãos os teus sonhos que se fazem.

A lua teima em não se envolver, depositando nas paredes nuas dos prédios a minha sombra.
O eco da fala morde o meu sossego.

O gato mia no silêncio…. É de ouro, … -dizem!....O gato…-ripostam.

O horizonte é frio e húmido. O teu fôlego aconchegado a mim. Um caos a parir nova ordem.

A tua boca que me faz desordem. Fragmentos inconciliáveis nos desenhos que traçamos.
Rosto acostado em rosto, mão em mão, textura quente do corpo a querer acordar sob o signo de outro tempo.

Este é sem duvida o meu lugar. Um lugar novo.
Feito de silêncios, queixumes atirados ao desconcerto.

Desalinho no tempo, bátegas de chuva, nuvens ritmadas a pousarem lençóis de água em mim.
Preciso do sol neste espaço como amor em drageias bebidas no tempo certo.

Feixes de luz musicados, relâmpagos fluorescentes esbatidos até o tempo fechar.
Frutas maduras, castanhas dissecadas, arrulho de pássaros, lágrimas de calor.

Os teus olhos que buscam lugares, mãos em concha, um caminho de sol entre nuvens entupidas.
O teu coração com asas de fogo, a tua voz, a tua boca...

Este é o meu lugar. Um lugar novo.

Comentários

Eloah disse…
Querido amigo, nada melhor do que reconhecer o nosso lugar, o melhor de todos.É a sensação do aconchego e dos sentimentos plenos.
"Cirandamos descalços pelos trilhos misteriosos da mente" Perfeito! Lindo!Parabéns belíssimo poema.
Forte abraço Eloah
Eloah disse…
Querido amigo, nada melhor do que reconhecer o nosso lugar, o melhor de todos.É a sensação do aconchego e dos sentimentos plenos.
"Cirandamos descalços pelos trilhos misteriosos da mente" Perfeito! Lindo!Parabéns belíssimo poema.
Forte abraço Eloah
Lídia Borges disse…
"Os teus olhos que buscam lugares, mãos em concha, um caminho de sol entre nuvens entupidas.
O teu coração com asas de fogo, a tua voz, a tua boca..."

Um lugar de silêncio e paz...

Um beijo
Como Leiriense fiquei feliz por encontrar neste espaço um refugio agradável para ler.
Os meus parabéns!
Pode seguir os meus blogs em:

Blog principal; SONHO aqui...
http://vony-ferreira.blogspot.com/

LEIO-TE POESIA ATÉ QUE MORRAS EM MIM... (blog onde leio poesia de vários poetas e poemas meus formatados por outros) aqui...

http://vonyferreira.blogspot.com/

(Vóny Ferreira)
Anónimo disse…
Não sei se este é o meu lugar...
Mas é sem dúvida "um lugar novo. Um espaço fechado de silêncio e paz".

Parabéns, mais um bonito texto.

Mensagens populares deste blogue

Deixa ficar assim…

DESEJOS E DEMÓNIOS

EXISTISTE ANTES DE EXISTIR