Mensagens

A mostrar mensagens de Abril, 2014

NOTAS DE UMA NOTA SÓ

Tenho notas de uma nota só. Anjos que se erguem do sonho, outros de asas erguidas na direcção do céu.
Mascaras adormecidas nas nossas vidas. Flores no parapeito de dias claros de sol, prédios cortados a meio com jardins dentro.
Acabou o inverno como tantos outros, primaveras umas atrás das outras. Dias redondos em horas suaves. Lua em quarto crescente, peixinho de aquário, boca aberta na busca do ar que nos escapa.
Asas de anjo em manto branco. Um todo sem partes e uma metade sem a outra metade de mim.
O sonho que mantenho. A tua chegada na minha partida, cabelo de ouro, olhos de amêndoa doce, o prazer no silêncio. O instante.
Momentos em que te contorno lábios, nariz, o lóbulo da tua orelha geometricamente trabalhada. Olhos não. Não quero que me vejas nesta pele rasgada de aguarelas.
A tua distância afectiva, abraços, poucos, alguns risos, a tua ausência que me escorrega pelos braços, pingando suave.
Candeeiros em ritmos burlescos, luz que atropela viajantes, sombras que fogem …